10 janeiro 2008

Hamburger = Satisfação Total


Como alguns de vocês, durante as festas comi muita comida rica. Chegou dia 3 de Janeiro (dia 2 eu ainda não quis comer nada) com um desejo forte de comer algo simples. Sonhei em comer um hamburger.

Desde a minha infância a minha família tinha o orgulho de fazer um bom hamburger em casa. Adorava sair para comer hamburgers. Fui criada comendo hamburgers do In and Out, do Tommies e do Camellia Grill: trés templos do hamburger americano. Mas, o meu pai criou hamburgers que nunca havia visto em restaurantes. Ele formava os "patties" (bifes de carne) com o carinho que um ceramista mostra para modelar um vaso de porcelana. A carne nunca rachava e sempre ficou macia e suculenta.

Comi hamburgers caseiros nas casas dos meus amigos. Eram desastres! A carne era uma bola dura. Não tinha formato de disco. Era uma bola! As vezes saiam pedaços de cebola (Eddie Murphy fala muito bem sobre isso...veja no You Tube) ou a carne ficava com sabor de sopa instantânea. Esta bola de carne era embrulhada com dois pedaços de pão de forma branco demanchando deixando as minha mãos cobertas com ketchup.

Hoje em dia os pesadelos não são os hamburgers caseiros desastrosos. Parece que as pessoas simplesmente não os cozinham mais. São ruins os hamburgers sem graça das lanchonetes da esquina e os que vem prontos congelados. Recrio a tradição dos hamburgers do meu pai para a minha família. . Não consigo fazer com tanta arte como ele. (Ele é um artista!)

Algumas dicas do hamburger:

Use uma carne saborosa com um pouco de gordura. Carne muito macia como filé mignon não tem tanto sabor e carne sem gordura fica dura. Gosto de usar patinho ou chã.

Use carne fresca. Carne que foi congelada serve, mas não fica tão úmida e saborosa.

Faça o pattie somente de carne e tempere somente com sal e pimenta do reino. Não use ovos, cebola, pimentão, sopa instantânea, etc...Não é uma almondega!

Forme o pattie como um disco. Uma boa espessura é entre 3 e 4 cm. Um pattie muito fino fica muito seco. Quando formar o pattie, faça a espessura da beirada mais grossa do que no meio. A carne encolhe quando cozinhar. O pattie mais grosso na beirada encolhe para fazer um hamburger de formato de disco. O pattie todo liso cru encolhe e vira uma bola quando cozinhar.

Quando colocar o hamburger na panela ou na grelha, não mexa com ele. Deixe ele em paz cozinhando até a hora de virar.

Toste o pão antes de montar o hamburger. Gosto de fazer isso direito na panela ou na grelha onde cozinhou o hamburger, mas pode também fazer na torradeira. O pão não tostado fica murcho e não aguenta os sucos do hamburger.

Se gostar de queijo, coloque o queijo encima do pattie logo depois de virar o hamburger. Assim o queijo derrete.

Se a espessura do hamburger ficar muito grossa, tampe o hamburger depois de virá-lo para terminar o cozimento.

Depois de cozinhar o hamburger, deixe descansar uns 10 minutos antes de servir. Ele ficará mais suculento.


Sugestões fora do comum para rechear: tomates assados; cebolas caramelizadas; cogumelos sautée; verduras diferentes como rúcula, agrião, espinafre murchado; queijos diferentes como emmental, gorgonzola ou queijo de cabra, molhos e pães diferentes. A sua imaginação é o seu limite.

Os hamburgers das fotos: o primeiro é o clássico de queijo emmental, tomate e cebola com molho de pimenta jalapeña. O segundo é de queijo de cabra (charolais), espinafre murchado, tomates secos num pão de azeitonas tostado.

Veja Além da Batata Frita como fazer batatas fritas caseiras para acompanhar o hamburger caseiro.


3 comentários:

  1. Pat Feldman (Crianças na Cozinha)18 de julho de 2008 20:22

    Desde que fiz meu primeiro hamburguer de picanha (com gordura) em casa, não parei mais e deixei de ter vontade de comer os de lanchonete.

    em casa é sempre mais gostoso e mais saudável!!

    ResponderExcluir
  2. Mi è piaciuta la tua ricetta molto creativo!

    ResponderExcluir

O seus comentários são sempre bem vindos.