14 março 2008

Filé de Salmão com Aneto, Batatas e Arroz Selvagem


A Páscoa chegou de repente este ano. As crianças acabaram de voltar às aulas, engrenamos na rotina e -POW- já é Páscoa. Para o cardápio resolvi fazer pratos muito fáceis que não precisam de muita preparação. Para servir na Sexta-Feira da Paixão preparei um filé de salmão, um favorito de todos em casa, inclusive das crianças. Servi com batatas cozidas e uma mistura de arroz selvagem e arroz integral. Reservar uma mesa para 8 pessoas num restaurante seria mais difícil...

Filé de Salmão com Aneto
para 4 pessoas

1kg de filé de salmão fresco, ainda com a pele*
sal
pimenta do reino preto, moída na hora
pimenta do reino rosa
1 colher de chá aneto seco ou folhas de aneto fresco
azeite
1 colher de sopa de manteiga
1 xícara vinho branco seco

*notas sobre salmão: Salmão fresco é superior ao salmão congelado. Peça ao peixeiro que retire as espinhas que as vezes se escondem na carne. É melhor pedir que se corte o filé na hora de um peixe inteiro do que escolher um filé que ficou exposto no gelo sabe-se lá por quantas horas ou dias. Sempre peça um filé com a pele. A pele conserva a umidade e sabor do peixe, e o filé não desmancha.

Lave e seque o salmão. Faça algumas cortes na pele do salmão para que o filé não encolha e deforme durante o cozimento. Tempere os dois lados com sal, as pimentas e o aneto. Esfregue o filé nos dois lados com azeite.

Numa frigideira muito quente coloque o filé com a pele para baixo. O salmão vai cozinhar quase o tempo todo assim. Não mexa com o filé na frigideira para que não desmanche. Depois de 5 minutos com a pele já bem dourada, adicione 1/2 xícara do vinho, abaixe até médio e tampe a frigideira. Cozinhe mais 3 ou 4 minutos no vapor.

Retire a tampa da frigideira e passe manteiga no filé. Vire o filé para dourar o outro lado um ou dois minutos. Transfira o filé a uma travessa para servir. Adicione o resto do vinho branco à frigideira e cozinhe um minuto raspando o fundo da frigideira. Peneire o liquido e despeje por cima do salmão. Salpique com folhas de aneto fresco e grãos de pimenta rosa e sirva.

para as batatas:
As batatas não poderiam ser mais simples. São batatas descascadas, cortadas em pedaços grandes e cozidas na água fervendo até ficarem cozidas por dentro. Temperei-las com sal, pimenta rosa, folhas de tomilho e um bom azeite.


Arroz Selvagem
para 4 pessoas

1 1/2 xícara arroz integral
1/2 xícara arroz selvagem
3 1/2 xícaras caldo de galinha, quente
sal
1 colher de sopa de azeite, e mais para despejar por cima
3 ou 4 folhas de sálvia
1 folha de louro


Num fogo médio, numa panela boa para fazer arroz (como de ferro, de pedra ou de inox com fundo pesado), despeje uma colher de sopa de azeite. Adicione as folhas de sálvia e louro. Misture até esquentar. Adicione o arroz e o sal. Misture bem até o arroz começa a tostar, ou até alguns grãos do arroz integral fiquem opacos. Adicione o caldo de galinha e tampe a panela. misturando o arroz. Cozinhe até quase todo o líquido evapore. Desligue o fogo e deixe o arroz evaporar os restos do liquido por mais 8 a 10 minutos. Retire a tampe e misture bem para soltar todo o arroz. Retire as folhas de sálvia e louro e despeje um pouco de azeite . Sirva.


2 comentários:

  1. O prato ficou lindo embora eu nao goste muito de salmao.
    Feliz Pascoa!
    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Hey Suzie! Suas receitas de Páscoa estão maravilhosas! Fazia tempo que não conseguia passar aqui pela sua cozinha e estou encantada. Espero que a Páscoa tenha sido muito feliz! Bjs!

    ResponderExcluir

O seus comentários são sempre bem vindos.