01 setembro 2008

Amizade e Bolo de Fubá



Boas amigas são raras. E boas amigas que levam bolo de fubá quando visitar são de ouro.

Outro dia convidei umas amigas para um chá da tarde. A Carla (de ouro mesmo) trouxe esse bolo de fubá esplêndido, leve, e gostoso.
"Posso tirar uma foto e colocar no blog?" perguntei.
"Mas..." cobrindo o rosto, "Eu fiz no liquidificador!"

Fiquei sem graça. Eu me senti uma grande esnobe. Deve ser que em algum momento durante a nossa amizade que eu soltei umas das minhas jóias de esnobidade culinária; algum ataque contra receitas baseadas na eficiência do liquidificador que não resultam em algo liquido. Assim, "Eu só faço quatro coisas no liquidificador: vitaminas, milkshakes, margaritas e gazpacho!" Esses supostos ataques não são para afrontar um liquidificador como objeto banal ou popular. Com nariz empinado, "Liquidificador? Humpf, eu somente faço bolo na minha batedeira de KitchenAid." Não era isso. Nem tenho uma batedeira KitchenAid. O problema é que eu não consigo largar o fouet. Tenho a tendência de rejeitar eletrodomésticos e truques para poupar tempo na cozinha em geral. Poupar tempo para depois fazer o que? A idéia fica perdida em mim. Quero poupar tempo em outras coisas para poder ficar mais tempo na cozinha. Sei que existem as pessoas que ficam tão tristes na cozinha que saem gritando, puxando punhados de cabelo pelas raízes. Sei que elas preferem fazer outra coisa. Ao contrário, a minha mania me leva procurar de propósito a maneira mais rústica, mais manual, mais trabalhosa de fazer atos simples na cozinha, justamente porque eu gosto de ficar lá. É uma falha minha, uma doença.

Depois dessa reflexão, respondi calmamente, "Que liquidificador? O bolo é demais. Me dê a receita."

As outras convidadas concordaram.

"Esse bolo é muito bom!"
"É para comer chorando!"
"Me dê mais um pedaço!"

E realmente é. A Carla tinha a generosidade de me passar a receita, que passo aqui para vocês:

Bolo de Fubá Rápido

Manteiga para untar
1 xícara de chá de leite
1 xícara de chá de óleo
4 ovos
2 xícaras de chá de açúcar
1 xícara de chá de fubá mimoso
1 xícara de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó
colher de sopa de sementes de erva doce, ou a gosto

Pré-aqueça o forno. Unte uma assadeira ou forma de buraco e polvilhe com farinha. Leve o leite ao fogo e ferva. Coloque no liquidificador o óleo, os ovos e o açúcar e bata bem. Adicione o leite fervente e torne a bater. Vá acrescentando aos poucos, mas rapidamente, o fubá, a farinha e o fermento, batendo sempre. Misture a erva-doce e despeje a massa na forma preparada. Leve ao forno quente para assar por uns 40 minutos, ou até que, ao enfiar o palito no bolo, este saia seco. Retire do forno e deixe amornar. Corte e sirva.

9 comentários:

  1. Adoro receitas assim, simples, rápidas. Também sou como voce, adoro cozinhar, mas é sempre bom ter essas receitas na manga para uma eventualidade qualquer. Seu blog é show. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Olá...Fiz o bolo ontem mesmo e meus filhos que adoram bolo de fubá comeram "quase" tudo...não foi tudo por que guardei para hj. Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Oi!

    Os pares para o desafio de setembro já sairam.

    Boa sorte!

    Obrigada.

    ResponderExcluir
  4. Encontrei seu blog no google por coincidência e adorei. Tenho saudades de várias coisinhas que comia na época que morava nos EUA, mas que não sei a receita, e encontrei algumas aqui. Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto muito de receitas de liguidificador pela praticidade (se bem que a últiam que eu fiz, eu consegui estragar - a massa era muito densa e o liquidificador travou...)

    Essa bolo tããão douradinho está um mimo! Parece que dá pra sentir o cheiro saindo da tela do PC, hehehe. Vou ter que experimentar =]

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  6. Achei esse bolo bom demais e já tomei nota.
    Bjks

    ResponderExcluir
  7. sem dúvida, esta receita de bolo de fubá tem seu lugar, ainda mais com um bom café fica melhor ainda. Abraços

    ResponderExcluir
  8. Eu estava procurando um Bolo de fubá, quando achei esta receita que vou fazer daqui a minutos. Mas, me encantou os detalhes da história e como você escreve de uma forma gostosa de ler. Já adicionei aos meus favoritos.

    ResponderExcluir

O seus comentários são sempre bem vindos.