04 setembro 2011

IFBC - Conferência Internacional de Blogueiros Culinários

Os participantes do IFBC fotografando um prato de creme de milho e siri durante a demonstração do Chef John Folse do restaurante R'evolution.

Mais de 120 blogueiros se congregaram em Nova Orleans durante o ultimo final de semana de Agosto para participar de IFBC, ou seja, a Conferência Internacional de Blogueiros Culinários em Nova Orleans.  Internacional pelo fato que tinha uma representante do Canada e uma do Brasil (eu) entre os norte-americanos.

O Hotel Monteleone


O Carousel Bar do Hotel Monteleone
Eu nunca participei de nada como isso: uma conferência dedicada exclusivamente aos blogueiros culinários.  Existem muitos blogs culinários nos Estados Unidos.  Alguns são auto-biograficos, cheios de contos pessoais e uma receita para ajudar contar a historia, como o da minha cozinha.  Outros blogs são coleções enormes de receitas.  Alguns blogueiros publicam ocasionalmente enquanto outros publicam dezenas postagens por dia! É uma comunidade unida com uma presença on-line muito forte.  Espero que a comunidade brasileira cresça assim.  Foi uma experiência impressionante pelo fato de criar uma arena de discurso e aprendizagem de assuntos tão diversos, como marketing, fotografia, ética e redação de receitas, entre muitos outros, visto as aplicações diversificadas do nosso grupo.  Um blogueiro pode ser produtor, escritor, fotógrafo, editor, agente de publicidade e marketing do próprio blog, sendo pago ou fazendo de hobby.  O mundo dos Food Blogs, como tudo na web, virou algo sofisticado; pelo menos é isso que senti depois de passar três dias com este grupo.  Nada como uma conferência para me deixar com a sensação de auto-importancia.   Chega de blah, blah, blah – cadê a comida?


Po-Boy de Ostras do Red Fish Grill
Po-Boy de Pastrami do Parkway Bakery

O evento foi no Hotel Monteleone no centro histórico de Nova Orleans.  Foram cerca de 120 participantes escutando palestrantes, trocando idéias, planejando as aventuras na Big Easy e, claro, comendo.  Os organizadores nos mimaram convidando chefes da região a preparar especialidades bem orleanas.  Alguns dos restaurantes que participaram foram Bayona da Chef Susan Spicer, o Royal House bar de ostras, O Red Fish Grill da família Brennan e o St. Marie. ( Clique aqui para ver uma lista completa de fornecedores de comida e bebida do evento.)

Também convidaram estrelas da culinária.  A professora de culinária Poppy Tooker levantou as nossas consciências e almas com um discurso hilário e insightful sobre sustentabilidade.   A mensagem básica envolve a idéia que às vezes as atitudes consideradas sustentáveis nem sempre contribuem, e até podem atrapalhar a sustentabilidade verdadeira das praticas culturais da região.  A mensagem essencial dela é Eat It to Save It – Come-lo para Salva-lo.  Comendo produtos locais sustentamos a economia local, independentemente se é orgânico ou não.  É assim que podemos apoiar produtores de mariscos do Golfo do Mexico depois de dois desastres enormes, o furacão Katrina e o derramento de petróleo de British Petroleum. 


Ostras frescas doRoyal House Oyster Bar
Chef Susan Spicer do Bayona


O chef John Folse deu uma aula de história creole de Louisiana num prato de creme de milho e siri, demonstrando que a história da Louisiana é essencial a historia americana e que a comida de Louisiana é o começo da culinária norte-americana.  É a raiz.  O novo restaurante dele, o R’evolution que abrirá em Novembro, observa esse conceito, desde a arquitetura (dentro do histórico Royal Sonesta no Bourbon St.), até decoração baseada em ambientes históricos, passando pelo cardápio, que conta a história do sul dos Estados Unidos em cada mordida. Vou ter que voltar para curtir essa experiência.  Alem da aula de historia, a sopa que ele preparou era boa pra caramba!

O chef John Besh deu o discurso principal durante o jantar de sábado falando sobre como Nova Orleans é uma cidade importante que respira cultura em cada aspecto da vida, especialmente na comida e na música.  E que quase perdeu tudo com o furacão Katrina em 2005.  John Besh falou através das contribuições dele mesmo para reconstruir a cidade.  Na face de destruição e custos enormes ele decidiu investir em restaurantes.  Hoje é dono de sete restaurantes sendo um defensor do movimento farm-to-table, ou seja apoiar a região comprando de produtores locais para abastecer os muito restaurantes dele.


Chef Richardson do Pier 424 Seafood Market
Chef do Pier 424 Seafood Market fazendo croquetes de lagostim

Queria agradecer especialmente ao fotografo extraordinario Andrew Scrivani do New York Times que iluminou o grupo com os macetes de como melhor arranjar e fotografar comida. 
Também queria agradecer aos outros palestrantes.  Aprendi muito com cada um, incluindo como organizar o meu tempo e como escrever melhor na minha própria voz, entre outras coisas.   Agradeço aos colegas por serem tão abertos com seus segredos.  Todos nossos blogs melhoram por essa troca de informação.

Os fornecedores de comida e bebida do IFBC em Nova Orleans

Finalmente gostaria agradecer aos organizadores, o BarnabyDorfman do Foodista.com e Allan Wright do Zephyr Adventures.  Eles fizeram parcerias com os generosos fornecedores de comida e bebida, inclusive Jordan Vinyard e Winery e Abita Beers que curtimos muito.

Mas, a melhor parte da conferência é que aconteceu em Nova Orleans, uma cidade que leva as tradições tanto culinárias como as musicais, muita a serio.  Em Nova Orleans, comida é paixão, como futebol no Brasil.

5 comentários:

  1. I couldn't read a word but the images brought back a lot of memories.

    ResponderExcluir
  2. Adorei!! Espero um dia poder participar de um evento grande como esse! Aqui no RJ organizo uns pequenos encontros entre os blogueiros de gastronomia, mas ainda somos poucos e muito amadores... Vamos melhorar!

    Passei aqui para conhecer seu blog, vou colocá-lo em breve no Blogs de Culinária.

    bje e sucesso

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. @Steve Thanks! Let's do it again.

    ResponderExcluir
  5. @Andrea, se organizar algum evento por favor me convide!

    ResponderExcluir

O seus comentários são sempre bem vindos.